Saúde Bucal – 6 dicas para ter a sua perfeita

Saúde Bucal – 6 dicas para ter a sua perfeita

Conheça 6 dicas importantes para você manter a sua saúde bucal em dia!

DICA 1 – Saúde Bucal – Ponto preto no meu dente é cárie?

✅Uma pergunta que escuto muito no consultório: Dra. Denise, socorro! Esse ponto preto no meu dente é cárie?😧

Para tranquilizar você, é bom deixar claro que ponto preto no dente não é sinônimo de cárie, apesar de ser algo meio lógico de pensar.

Em algumas situações, o aparecimento de pontos pretos pode sim sinalizar a formação de cáries, mas nem sempre é cárie, ok!👍

Os dentes são constituídos por muitos sulcos, como na imagem. 🙂

Saúde Bucal - Ponto preto no meu dente é cárie?

Nesses sulcos podem acabar surgindo pigmentos escurecidos conhecidos como selamento biológico, isto é, minerais e corantes que são incorporados à estrutura do dente. E isso é completamente normal.☺

Outro motivo para ponto preto nos dentes são:

  • Resto de alimentos presos ao dente;
  • Tártaro;
  • Pigmentação por medicamento;
  • Pigmentação causada pela ingestão frequente de comidas e bebidas como um alto teor de corantes, (Ex: chá, mate, refrigerante vinho tinto e café);
  • Pigmentação causadas pelo fumo.

⚠️É importante ficar atento a qualquer sinal e sempre procurar a ajuda de um profissional capacitado.

Caso a marca preta seja por conta do aparecimento de uma cárie, o tratamento deve ser feito o mais rápido possível.🦷

DICA 2 – Saúde Bucal – Doença Periodontal e Alzheimer

Cada vez mais temos que pensar em prevenção para ter qualidade de vida e evitar doenças e isso também faz parte da minha missão como dentista.

  • Saúde Bucal e Alzheimer

⚠️Um estudo recente sugere que as bactérias que causam a doença periodontal também estão associadas ao desenvolvimento da doença de Alzheimer e demências relacionadas, especialmente demência vascular.

✅Os resultados foram relatados no Journal of Alzheimer’s Disease, revelando que idosos com sinais de doença periodontal e infecções bucais na linha de base tiveram maior probabilidade de desenvolver Alzheimer.

Os pesquisadores analisaram se a doença periodontal e infecções por bactérias orais estavam ligadas a diagnósticos de demência e óbitos por meio da análise de dados restritos com os registros do Medicare e do Índice Nacional de Óbito.

Os mais de 6.000 participantes receberam um exame odontológico para sinais de doença periodontal, além de exames de sangue para anticorpos contra bactérias causais.

A equipe analisou anticorpos contra 19 bactérias orais para associação com o diagnóstico de Alzheimer, ou qualquer tipo de demência e morte por Alzheimer.

Destas 19, a bactéria Porphyromonas gingivalis é a culpada mais comum da doença periodontal.

Entre os participantes com 65 anos ou mais, tanto os diagnósticos de Alzheimer quanto os óbitos foram associados a anticorpos contra esta bactéria.

Além disto, um outro estudo recente sugere que placas de proteína beta-amilóide, uma das principais marcas da doença de Alzheimer, podem ser produzidas como resposta a esta infecção.

⚠️Nunca é cedo demais para começarmos a prevenção de qualquer doença, e a saúde bucal, é também, parte importante desta prevenção!👍

DICA 3 – Saúde Bucal – Refluxo gastroesofágico

Você sabia que o refluxo gastroesofágico pode comprometer a sua saúde bucal também?

Refluxo é uma doença digestiva na qual o suco gástrico do estômago faz um caminho inverso pelo esôfago e volta para a boca.

Como este suco gástrico é muito ácido, tem o poder de irritar e inflamar os tecidos que revestem o esôfago e a mucosa bucal, diminuir a saliva e, em última instância, causar até perda dental.

➡️Veja no carrossel as dicas importantes que você deve ficar atento. 👍

  • Saúde Bucal e Refluxo

DICA 4 – Saúde Bucal – Saúde do seu coração

Quer cuidar do seu coração? Cuide também da sua saúde oral!💚

Escovar os dentes frequentemente está ligado a menores riscos de fibrilação atrial e insuficiência cardíaca, de acordo com um estudo publicado no European Journal of Preventive Cardiology.

Pesquisas anteriores sugerem que a má higiene bucal leva a bactérias no sangue, causando inflamação no corpo.

A inflamação aumenta os riscos de fibrilação atrial (batimentos cardíacos irregulares) e insuficiência cardíaca (a capacidade do coração de bombear sangue ou relaxar e encher de sangue é prejudicada).

Este estudo analisou a conexão entre higiene bucal e ocorrência destas duas condições e concluiu que a escovação dentária três ou mais vezes por dia pode ser associada a um risco 10% menor de fibrilação atrial e um risco 12% menor de insuficiência cardíaca.

O autor Dr. Tae-Jin observou que a análise estava limitada a um país (Coreia) e que foi um estudo observacional.

Mas acrescentou: “Estudamos um grande grupo durante um longo período (10 anos e meio), o que agrega força às nossas descobertas.”

💚Sorria do fundo do seu coração!😁

📒Estudo:
Chang Y, Woo HG, Park J, et al. Improved oral hygiene care is associated with decreased risk of occurrence for atrial fibrillation and heart failure: A nationwide population-based cohort study. Eur J Prev Cardiol. 2019. doi:10.1177/2047487319886018.

DICA 5 – Saúde Bucal – Como fazer o Autoexame?

Saúde Bucal - Como fazer o Autoexame?

O câncer da boca é um tumor maligno que afeta lábios, estruturas da boca, como gengivas, bochechas, céu da boca, língua (principalmente as bordas) e a região embaixo da língua.

O auto exame pode ser uma ferramenta utilizada para o diagnóstico precoce e para um melhor prognóstico.

Qualquer pessoa pode fazer o autoexame com um espelho num ambiente bem iluminado.

  1. Lave bem a boca e remova próteses dentárias se for o caso.
  2. De frente para o espelho, observe a pele do rosto e do pescoço, procurando por algum sinal que não tenha notado antes.
  3. Puxe o lábio inferior para baixo, expondo a sua parte interna (mucosa) e apalpe todo o lábio.
  4. Puxe o lábio superior para cima e repita o procedimento.
  5. Com a ponta do dedo indicador, afaste a bochecha para examinar a parte interna da mesma. Repita do outro lado.
  6. Com a ponta do dedo indicador, percorra toda a gengiva superior e inferior.
  7. Introduza o dedo indicador por baixo da língua e o polegar da mesma mão por baixo do queixo e procure palpar todo o assoalho da boca.
  8. Incline a cabeça para trás e abrindo a boca o máximo possível, examine atentamente o céu da boca. Palpe com o dedo indicador todo o céu da boca. Em seguida diga ÁÁÁÁ… e observe o fundo da garganta.
  9. Ponha a língua para fora e observe a parte de cima. Repita a observação com a língua levantada até o céu da boca. Em seguida puxando a língua para esquerda, e para o lado direito.
  10. Estique a língua para fora, segurando-a com um pedaço de gaze ou pano, apalpe em toda a sua extensão com os dedos indicador e polegar da outra mão.
  11. Examine o pescoço. Compare os lados e veja se há diferenças entre eles. Depois, apalpe o lado esquerdo do pescoço com a mão direita. Repita o procedimento para o lado direito. Veja se existem caroços ou áreas endurecidas.
  12. Finalmente, introduza o polegar por debaixo do queixo e apalpe suavemente todo o seu contorno inferior.

⚠️Procure por:

  • Mudanças na aparência dos lábios e da porção interna da boca;
  • Caroços ou feridas;
  • Sangramentos ou inchaço;
  • Áreas dormentes e dentes amolecidos ou quebrados.

✅Se você notar alguma anormalidade, procure imediatamente um dentista ou um médico.

DICA 6 – Saúde Bucal – Mascar chiclete é prejudicial?

Vou ser bem sincera com você…
Não importa a versão.
Mascar chiclete é prejudicial para sua saúde bucal. 😬

Saúde Bucal - Mascar chiclete faz mal a saúde?

✅Os que contêm açúcar são os piores, pois podem retirar o cálcio dos dentes e aumentar os riscos de desenvolver cáries.

Mas, mesmo os sem açúcar são prejudiciais: quando você masca chiclete, você sobrecarrega o seu sistema mastigatório e isto pode provocar dores musculares e dores nas articulações.

Se você tem este hábito, seria interessante que você diminuísse a frequência ou parasse, principalmente se você é tenso.

As suas articulações agradecem.👍🙂

Denise Hajjarhttps://denisehajjar.com.br
Sou Mestre e Doutora pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), e atuo a mais de 36 anos como dentista, além de ser especialista em Ortodontia e Ortopedia Funcional dos Maxilares e Top Doctor Diamond Elite Invisalign®. Eu estou sempre me especializando e fazendo cursos para trazer para vocês o que há de mais moderno na ortodontia. Trabalho com ortodontia funcional dos maxilares, ortodontia fixa e com os aparelhos ortodônticos invisíveis Invisalign®. Obtive o prêmio Invisalign® de melhor caso tratado na América Latina.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

INSTAGRAM

TRATAMENTO

spot_imgspot_img

MAIS LIDOS

7 erros na escovação que você pode estar cometendo

Quando eu falo com os meus pacientes sobre os erros na escovação que eles podem estar cometendo, alguns ficam um pouco na defensiva. 😬 Como...

Você sabia que as doenças bucais podem afetar a sua performance no esporte?

🚴‍♂️Você sabia que as doenças bucais podem afetar performance no esporte? 🤔 Doenças bucais podem afetar performance? Pois é, não é só a lesão muscular ou...

Lentes de contato dental e Invisalign

Lentes de contato dental e Invisalign 🤔Uma dúvida frequente entre nossos pacientes é saber se é possível alinhar o tratamento odontológico estético e o tratamento...

Osteonecrose da Mandíbula e Tratamento da Osteoporose

Osteonecrose da Mandíbula e Tratamento da Osteoporose, qual a relação? Você sabia? 🤔 Os bisfosfonatos (alendronato, ácido zoledrônico, ibandronato, risedronato) e denosumab, são uma classe de...

Dicas Invisalign – Higienização oral e cuidados com os alinhadores

Dicas Invisalign - Higienização oral e cuidados com os alinhadores Uma das maiores dúvidas que passa pela mente dos meus pacientes que estão usando alinhadores...
😁 Agende sua consulta